Quem sou eu

Se você quer conhecer melhor quem eu sou, este é o lugar.

Família:

Tenho 41 anos, sou casado com Lídia e pai da Elga, Kim e Marcos. Cresci em uma família de escoteiros, onde todos os irmãos e pais faziam parte do 15º Grupo Escoteiro Martim Afonso de Niterói. Nasci nesta cidade e depois morei em São José dos Campos (SP), Benjamin Constant (AM) e Redenção (PA). Hoje moro em Boa Vista, Roraima.

Profissão:

Sou médico pediatra do Hospital da Criança Santo Antonio,  onde fui Diretor Clínico por um ano  e médico da saúde indígena no Distrito Sanitário Especial Leste de Roraima, onde atendo indígenas de seis diferentes etnias em suas comunidades. Sou também vice-presidente do Comitê de Investigação de Óbitos Fetais e Infantis da Saúde Indígena desde 2009.

Fui Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente em Benjamin Constant onde trabalhei na implantação e capacitação do Conselho Tutelar local e coordenei a implantação da Rede Benjaminense da Criança e do Adolescente, tendo sido também Delegado Regional a Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Trabalhei muitos anos com violência doméstica e com desnutrição infantil. Temas difíceis mas que precisam ser trabalhados com dedicação e carinho. Nestas áreas desenvolvi diversos trabalhos científicos, tendo sido premiado pelo Ministério da Saúde pelo Programa de Recuperação Nutricional desenvolvido para as crianças Kaiapó do PA.

Você pode encontrar mais informações no meu Currículo Lattes.

Escotismo:

Costumo dizer que penso em escotismo todos os dias de minha vida desde 14 de dezembro de 1980 quando fiz minha promessa no 15º Grupo Escoteiro Martim Afonso – RJ, mantendo atividade ininterrupta desde então.

Fui Lis de Ouro e Monitor da Patrulha Lobo. Escoteiro da Pátria e Monitor da Patrulha Pedra do Sino. Infelizmente não tive oportunidade de ser pioneiro, pois desde os 18 anos exerci função de chefia. Fiz meu Avançado Senior aos 19 anos e recebi a Insígnia de Madeira do Ramo Senior em 1990 aos 20 anos, atuando desde então na Equipe de Adestramento, hoje Equipe de Formação.

Sou Diretor de Curso Básico nomeado pela Região do Amazonas. Exerci a mesma função na Região de São Paulo e na Região do Rio de Janeiro, onde dirigi (tutorado) o Curso Avançado Escoteiro / Senior em 1997. Em 2010 dirigi o Básico Escotistas e Dirigentes, Preliminar e o Seminário de APF.

Escrevi diversas Fichas Técnicas Nacionais e Regionais (RJ). Sou co-autor do Manual: Os Seis Primeiros Meses de uma Tropa Senior e sou autor do livro Estudos de Caso para o Ramo Senior: Auxílio na Discussão de Valores. Fiz as Notas de Atualização dos livros de B-P: Escotismo para Rapazes, Caminho para o Sucesso e Lições da Escola da Vida. Sou responsável pelo Expresso Escoteiro Virtual – RJ, tendo sido responsável pelo mesmo de 2004 a 2006.

Atuo em equipes de Programa desde 2002, tendo sido Coordenador da Sub-Comissão de Comunicações – JOTI por cinco anos e estando desde 2010 a frente da Sub-Comissão de Atividades Comunitárias – MutCom. Integro a Equipe de Programa do Ramo Senior. Sou integrante da Comissão de Estudo de Educação a Distância.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fui Coordenador Regional do Ramo Senior – RJ, tendo coordenado diversas atividades e grupos de trabalho. Fui Coordenador de Módulos nos Jamborees Nacionais de Foz do Iguaçu e Brasília. Fui voluntário na Conferência Mundial Escoteira de Curitiba.

Fui responsável pela reativação do Escotismo no Alto Solimões, tríplice fronteira do Brasil com Peru e Colômbia. Nesta região temos hoje 6 grupos nos municípios de Atalaia do Norte, Benjamin Constant e Tabatinga, sendo dois deles dentro de Áreas Indígenas, sendo compostos exclusivamente por indígenas da etnia Tikuna.

Criei e coordenei o Comitê Virtual de Escoteiros pelo Desarmamento, depois rearticulado como Escoteiros pela Paz na época da Plebiscito do Desarmamento, com atuação em diversas Regiões e com importante representatividade junto as entidades civis e governamentais que militam na causa.

Desenvolvi o Projeto de Interiorização do Escotismo Brasileiro, apresentado na Assembléia Nacional do Espírito Santo.

Blog:

Sou responsável pelo blog Impressões Amazônicas, onde conto histórias sobre a Amazõnia e meu trabalho como médico em situações pouco convencionais. O blog hoje recebe uma média de 300 visitas diárias, tendo sido motivo de artigo no Jornal do Conselho Federal de Medicina e divulgado na revista Horizonte Geográfico.

 

 

 

 

Fé:

Creio em Deus com toda convicção. Acredito que o caminho para chegarmos mais próximos a Ele é pensarmos em amor, falarmos com amor e agirmos com amor. Tento pautar minha vida por este princípio.

10 12 angical bananeira (211)


6 Comentários on “Quem sou eu”

  1. hugo disse:

    Olá Altamiro, sempre alerta! gostei do seu blog, de sua “democratização” do CAN e de seu trabalho junto aos indigenas. em 2009 passei 2 meses na cabeça do cachorro, sao gabriel da cacheira e pretendo voltar para lá se Deus quiser.
    hoje faço teologia em belo horizonte!
    vamos trocar “figurinhas” quando puder!
    abs!

  2. RENATO CESAR disse:

    UM Orgulho para nossa instituição,aproveito para agradecer o voto por Pernambuco estamos trabalhando muito para sediar um bom Congresso.
    Sempre transparente esse é seu lema…..lute por nosso direitos no CAN amigo Altamiro.GOSTARIA DE CONVIDÁ-LO A PARTICIPAR DO MEU NOVO PROJETO COM UMA COLUNA SUA LÁ. LANÇAMENTO DIA 22.02.2012

    SAPS

    RENATO CESAR MEDEIROS DE AMORIM

  3. Muito inspiradora a sua “participação na vida” dando um sentido especial às ações dedicadas ao servir! Pode-se afirmar que vc foi e continua sendo Escoteiro, no sentido exato da palavra! Um grande abraço! SAPS! Elmer S. Pessoa – 55º MORVAN – Santos/SP

  4. Widney disse:

    Poxa Altamiro, que bom te encontrar pela rede. Sou de Benjamin Constant e confesso que sentimos muito tua falta na cidade, sentimos falta da pessoa generosa e do médico excelente que cuidou tanto dos nossos filhos. Vez por outra estou em Boa Vista e que pena não pude encontrá-lo e dizer da felicidade em ter te conhecido. Isso quase se concretiza quando eu e minha família estivemos em BV (janeiro de 2012) e ficamos hospedados exatamente em frente ao hospital infantil da cidade, hospital este que porventura cuidou dos nossos dois filhotes que adoecera na viagem. Parabéns pelo teu trabalho e boa sorte…

    Caso vc não lembre de mim, sou o Widney, irmão do Widvan (escoteiro e depois conselheiro tutelar na cidade).

    Abraços em ti e na família…

  5. Cara, muito legal ver que continua ativo. Creio que nosso último contato ainda estavas no rio de janeiro…nossa vivência na patrulha “perdidos no jamboree” me é muito querida. Fico feliz com sua decisão de colaborar no CAN

  6. Surge uma nova voz para os excluídos e discriminados pelo Movimento Escoteiro Brasileiro.
    O Escoteiro Ateu discute Escotismo, Humanismo Secular, Tolerância Religiosa, Pluralidade, Filosofia e Ética no Movimento Escoteiro Brasileiro.http://escoteiroateu.wordpress.com/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s