O Escoteiro é Econômico… temos que ser no CAN também

Amigos,

Como sempre tenho dito, a minha principal bandeira na instituição é a luta pela democratização da instituição. Ou seja, temos que ser cada vez menos “panelinha” e mais fraternos como pregava o fundador.
Um dos fatores decisivos para isso é possibilitar que todos sejam representantes do CAN. Lógico que, quando eu digo todos, digo os que tiverem ao mesmo tempo idoneidade, interesse, competência e tempo para dedicar ao movimento. Possuindo estas características todos deveriam ser aptos a se candidatar – e é isso que dizem nossos regulamentos.
Infelizmente hoje não é assim. Nossa próxima reunião será nos dias 5 e 6 de novembro em Guarulhos, SP. A reunião não terá passagens nem hospedagem custeada para os conselheiros eleitos. Assim, cada um que arque com seus custos. Para quem sai de um estado mais central, pode viajar até mesmo pela madrugada e gastar em média, de ida e volta 450,00. É caro, mas com algum planejamento e com parcelamento, viável.
Para quem sai de Roraima o preço mínimo é de R$1.560,02, pela Gol e mais de R$1.800,00 pela Tam. Além disso, pela distância eu não poderei trabalhar no dia 5, sexta-feira, pois eu tenho que sair, na melhor das hipóteses, á uma hora deste dia. Além disso ainda tenho que bancar a hospedagem, com valor mínimo de 71,00 se eu dividir o quarto com mais dois e sem café da manhã.
Ou seja, com estas condições, como podemos democratizar a instituição? Impossível.
Na verdade a luta não é por mim, mas pelos próximos que virão.
Defendo:
a) que seja incluído no orçamento a ajuda de custo com passagens. Com as reuniões planejadas com antecedência a instituição pode fazer a compra com preços promocionais e com gastos reduzidos;
b) que as reuniões não sejam feitas em hotéis. Somos todos escoteiros. Que nossas reuniões sejam feitas em universidades, escolas, centros de treinamento de professores ou campos escoteiros.
Assim teremos uma instituição democrática com real possibilidade de todos que forem idôneos, interessados, competentes e com tempo para se dedicar a instituição participarem nas decisões, e não apenas aqueles que possuem recursos financeiros.
Abraços,
SAPS!
Altamiro
Anúncios